O Lúmen surgiu em 1990, com a proposta de ser um grupo de serenata. adotou um repertório dedicado à MPB, reunindo composições românticas dos mais diferentes estilos e autores, desde os velhos seresteiros das décadas de 20 e 30, até compositores contemporâneos. o critério de escolha do repertório é simples: o casamento entre melodia e letras que falem de amor, carinho, emoção ... Tal escolha imprimiu ao Lúmen um estilo próprio, onde a leveza melódica e a sutileza da técnica vocal encantam mesmo aos ouvidos mais exigentes, apresentando um trabalho pouco comum no atual cenário musical nacional, com seis vozes femininas em arranjos elaborados.

O Lúmen nasceu em São Caetano do Sul, com Roberto Barbosa, O Canhotinho (Integrante dos Demônios da Garoa); Beth Caram (violão e vocais); Bete Vulcano(vocais e declamações), Cris Frata (voz e violão) e Jane Moran(vocais e percussão). com a saída de Canhotinho em 93, o grupo ganhou nova formação , com Eurides Paiffer (cavaquinho), grupo conta com a participação de Angela Fiusa (Vocais e percussão), Sarah Cangussu(Violino) e Luiz Fiusa ( Voz e Clarinete).Desde sua criação, o grupo teve sua base de atuação na região do ABC, em festas particulares, espaços culturais e casas noturnas locais, com saídas esporádicas até São Paulo. Em 1.996, o grupo rompeu definitivamente as barreiras regionais, apresentado-se em eventos e teatros da capital e do interior paulista, ganhando espaços também no rádio (Eldorado, Bandeirantes, Vitrola e outras..) e na tv (Cultura, Programa Sr Brasil, (Rolando Boldrin), Viola minha Viola (Inezita Barroso), Record, Gazeta, CNT, Bandeirantes-Campinas, TV 45 e Rede Vida). O grupo lançou seu primeiro cd, pelo selo Camerati, com produção e participação especial de Belchior. (SOB A JANELA), segundo CD (SOB A LUA).

O GRUPO

Ângela Maria Estevam Fiusa nasceu em Guaranésia, Estado de Minas Gerais. Desde muito cedo, tomou o gosto pela música, vez que seu pai era violonista e sua mãe cantora. Acompanhava seus pais nas serenatas que faziam nas noites enluaradas da pequena cidade mineira. Ainda criança, aprendeu todas as músicas do Francisco Alves, Orlando Silva, Silvio Caldas, Carlos Gualhardo, que seus pais cantavam embaixo das janelas, emocionando o coração das pessoas que recebiam as serenatas. Além disso, seu pai tinha uma orquestra, tocando em bailes em todo o Sul de Minas. Como os ensaios ocorriam sempre em sua residência, estava sempre rodeada de músicos, em contato permanente com vários gêneros musicais. A magia da infância a acompanhou sempre com a música ao seu lado, mesmo depois de casada, mãe de três filhos e ainda acumulando a função de advogada. Atualmente, participa da Orquestra e Coral Best Seller, do Coral da Fundação das Artes e do Grupo Lúmen Serenatas, com o qual se identificou muito, vez que resgata lembranças de sua infância feliz que viveu ao lado dos seus queridos pais, irmãos, parentes e amigos.

Bete Vulcano Elisabete Vulcano, Betty, nascida na cidade de São Paulo.Já em meus primeiros anos de vida meu pai, que amava música e instrumentos, proporcionou-me o primeiro contato com a arte musical presenteando-me com uma Harmônica e aulas com minha primeira professora, dona Claudete. Para aprimorar meus estudos, ingressei no Conservatório Musical Gomes Cardim, onde concluí o curso de seis anos, incluindo toda a base histórica e teórica da Música, participação em Coral e apresentações individuais anuais em concertos do mesmo Conservatório. Minha formatura aconteceu no ano de 1967. Com breve história de professora de harmônica, prestei vestibular para o curso de Serviço Social, formando-me e seguindo essa carreira profissional. Todavia, mantendo o contato com a arte musical, ao longo dos anos fui integrante do Coral das Faculdades Metropolitanas Unidas, dediquei-me ao estudo de Teclado e aulas de canto e algumas brincadeiras musicais noturnas em bares da capital. O Grupo Lúmen é, para mim, um oásis, onde me refrigero das agruras do dia a dia.Não somos simplesmente um grupo musical, somos um grupo fraterno, antes de tudo. Como escreveu Miguel de Cervantes, “onde há música não pode haver coisa má.” Daí, torna-se simples e gostoso saírem vozes, vocais, instrumentos, tudo numa perfeita coesão e harmonia que, naturalmente, levamos com emoção para nossas apresentações. É esse o espírito do Grupo, é esse meu espírito, assim só posso estar no lugar certo. Tudo o que faço, faço brotar do coração, do mais profundo do meu ser. Por isso canto, uso percussões, declamo, interpreto textos com a alma.E a coloco a serviço da arte. É assim que sou.“A música é celeste, de natureza divina e de tal beleza que encanta a alma e a eleva acima da sua condição.” Aristóteles.

Beth Caram

Típica menina nascida no interior do Estado de São Paulo, ( Santo Anastácio) muito cedo veio para São Caetano, convivendo sempre com a boa música brasileira e sons da viola e violão. Sua juventude foi marcada pela bossa nova, quando participou de vários eventos musicais da época. Apaixonada pela música e todas as suas manifestações, dedicou-se ao violão clássico por muitos anos e não parou por aí. Veio, então, o encontro com a viola e o cavaquinho. Lecionou violão clássico e popular durante anos em conceituados conservatórios, não deixando de privilegiar outras atividades ligadas à música, como o canto e vocalização, cursos de alfabetização musical, sempre participando de importantes festivais da MPB. A direção musical de peças teatrais como "Rádio Vivo" ( Sesc S.Caetano), "Ciranda" e "Saltimbancos" (Grupo Andarilhos), teatro de rua, e outras...a regência do Coral do Diário do Grande ABC e todos os arranjos dos CDs (Estrelas do Natal - Coral Picoli Camerati, Eu em Canto - escolas do ABC e SESI) deram-lhe mais experiência para dedicar-se à terapia musical com adolescentes dependentes químicos. Paralelamente a todas essas atividades, lecionou durante anos violão, viola e cavaquinho na Escola Camerati (Santo André) dentre os tantos trabalhos desenvolvidos com alunos de todas as idades, foi ainda nessa época que reuniu um jovem grupo -" Pequeno Lúmen", inspirado na trajetória do já consolidado "Lúmen Serenatas". Os arranjos vocais e instrumentais e toda direção encantaram a pessoas por onde as crianças apresentaram-se. Os projetos desenvolvidos nos tempos em que lecionou no Camerati, logo despertaram os olhares atentos de artistas consagrados. Dentre eles, Belchior, que imediatamente convidou-a a lançar o primeiro CD do Grupo Lúmen, sob sua produção. Atualmente, o Coral Cristal - Grupo de terceira idade de S.Bernardo do Campo - percorre várias cidades sob sua impecável regência e dedicação. Nessa atmosfera envolvente é admirada pôr familiares e amigos e talvez por isso a música ainda faça parte dos melhores momentos de sua vida.

Cris Frata

Violão e Vocais

 

CURSOS: Violão clássico e popular Técnica de improvisação Técnica de arranjo (Cláudio Lucci) Canto e vocalização (Nanci Miranda)

EXPERIÊNCIAS: Coordenadora dos alunos da escola Violão e Cia, em Santo André Participações em festivais sendo uma final em 1987 no Ginásio do Ibirapuera - F I C O Regente do coral do diário do grande ABC durante 2 anos Participação como violonista da gravação do CD Estrelas do Natal Regência do Coral Cristal da 3 Idade de S.B.C. Leciona violão Clássico e Popular Professora de violão da Escola Camerati Professora de Violão da escola Violão e Cia. Violonista do Grupo Pequeno Lúmen (serenata p/ adolescentes) Participação como violonista do CD de Natal - Escola SESI S. André

Jane Moran

 

“A música sempre foi presença marcante na minha vida. Pequena ainda, ouvia as lições que meus irmãos praticavam: um no violão, outro na “sanfona”. Momentos esses, que gravaram em mim, o encanto de atrair pessoas e nelas despertar emoções, alegria, doces recordações... Minha mãe cantarolava e admirava as grandes vozes da MPB; contava das moças bem vestidas nas praças e docerias da capital. E eu adorava ouvir o rádio todos os dias, até decorar as canções pra cantar, toda tarde, à beira da cama, na janela. Cursei psicologia, casei, tive filhos - um casal - são lindos os dois, claro! Estudei terapia corporal, entrei num grupo coral. Fui estudar violão. Coordenei workshops para trabalhar mente e corpo, sempre utilizando a música como instrumento de reflexão e transformação. Fiz oficinas de canto e outras, terapêuticas. Fiz curso de interpretação de canto, com Monica Salmaso. Trabalhei muitos anos com a psico-oncologia, atendendo mulheres com câncer de mama, e aí já contava dez anos praticando e me apresentando em grupos de canto coral. Participei do grupo vocal “Vozes da Vila” sob a regencia de Beth Caram, até que finalmente, fui convidada para ensaiar com o Grupo Lúmen. E lá se vão os anos passando .... adoro me vestir como se usava antes e quando vejo molharem os olhos é realmente estimulante! Queremos eternizar as canções mais bonitas - aquelas que tocam a alma e que falam de amor.No momento em que escrevo este resumo, lembro da moça que cantava na janela e confirmo que nunca devemos desistir dos nossos sonhos. É um privilégio participar dos momentos criativos pra deixar a musica com “a cara do Lúmen” – que agora também leva a minha cara pandeirista. Jane Moran.

Luiz Fiusa

 

Desde os 10 anos de idade começou a tocar instrumento de percussão na Corporação Musical Carlos Gomes de Cesário Lange, sua cidade natal, por influência musical dos seus pais e dos seu avós . Também nessa idade começou a cantar junto com a sua avó e seus irmãos no coral da Igreja Matriz de Cesário Lange. Estudou, a partir dos 15 anos, o curso de clarinete no Conservatório Musical Carlos de Campos de Tatuí. Além de tocar clarinete na Corporação de Cesário Lange, também participava como cantor e músico nos carnavais de Tatuí e Cesário Lange durante muitos anos, mesmo já morando em São Caetano do Sul. Quando veio para São Caetano do Sul nos anos 70 , fez parte da banda de baile chamada Grupo Pena’s. Foram muitos bailes no ABC e na grande São Paulo. Em 2005, junto com o seu amigo Wagner Neves, formou a dupla Duo Sax, sendo, posteriormente, contratado pelo Departamento de Cultura de São Caetano do Sul. No ano de 2010 recebeu uma homenagem da Câmara Municipal de Cesário Lange, sua terra natal, pelos 50 anos de participação na Corporação Musical Carlos Gomes. Atualmente participa do Grupo Lúmen Serenatas, como clarinetista e também faz parte da Orquestra e Coral Best Seller como clarinetista e cantor do coral.

Sarah dos Santos Cangussu

 

Natural de São Caetano do Sul, iniciei meus estudos musicais aos 7 anos de idade. Aos 8 já estudava violino na Fundação das Artes de São Caetano do Sul, onde conclui o Curso Técnico em Música com habilitação em violino no ano de 2007. Comecei a dar aulas particulares de violino aos 13 anos e lecionei em diversas escolas de música do ABC, tais como SP Music Escola de Música, Centro de Estudos Musicais Polissom, Free Music Escola Livre de Música e In Concert, em São Paulo.Durante seis anos toquei na Orquestra Jovem de São Caetano do Sul e participei da Camerata de cordas da FASCS por oito anos. Fui integrante da Orquestra Jovem Tom Jobim por dois anos e também arte-educadora no Centro Cultural do Banco do Brasil.Formada em Licenciatura em Educação Musical pela Universidade do Estado de São Paulo – UNESP, atualmente sou professora de música em algumas escolas da rede privada em Santo André. Participei de diversas gravações como a gravação do cd/dvd Comunhão e adoração 6 com Adhemar de Campos e também de peças de teatro como Passional, da Cia do Covil.Realizo trabalhos em eventos no geral como aniversários, casamentos, bodas, serenatas, etc.A lém de professora, atualmente sou integrante da Orquestra Filarmônica de São Caetano do Sul. Sou integrante do Grupo Lúmen há dez anos.

Tábata Lasso

 

Paulista, nascida em São Caetano do Sul, estado de São Paulo. Por volta dos 3 anos de idade, enquanto ainda aprendia a falar e sem saber escrever o próprio nome, já ensaiava os primeiros acordes em seu violão Di Giorgio Picollo, presente do avô e grande incentivador Julian Lasso Franco. Muito antes de sua formação acadêmica em Ciência da Computação, já atuava como intérprete e compositora nos palcos dos famosos festivais de MPB do ABC paulista e do interior do estado. Formada em canto e violão popular pela escola Cameratti, como toda adolescente de sua época, integrou bandas dos mais variados gêneros. Por um período, dedicou-se ao trabalho em grupos de louvor e adoração de algumas igrejas evangélicas. Em 2003 veio o convite para se juntar aos amigos do Grupo Lúmen e desde então seu trabalho como vocalista, ritmista e violonista pode ser apreciado em apresentações do grupo em palcos famosos ao lado de artistas consagrados ou em lugares reservados sob o anonimato que a intimidade exige. Sua participação em projetos de marchinhas de carnaval, jingles e histórias infantis vai ao encontro do ecletismo do grupo dentro de suas mais variadas propostas no universo das artes musicais.

GRUPO
Lúmen Serenatas

 


Informações de agendamento

​Tel:  (11) 2598-4789 / 95636-2267 / 99209-4046

​E-mails: beth@lumenserenatas.com.br
lua_serenata@hotmail.com

 

Siga-nos
  • w-facebook
  • w-youtube
  • Twitter Clean

   Lúmen Serenatas © 2019 - Todos os direitos reservados.                                                            Orgulhosamente criado por: WEBCIRILO